Sábado, na rubrica 'Perdidos e Achados', com o tema: 'Recordar é viver' - SIC GOLD ONLINE – SIC Sempre GOLD

Breaking

Home Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Sábado, na rubrica 'Perdidos e Achados', com o tema: 'Recordar é viver'


“Sim eu sei…é triste viver de emoções…”. Ainda antes de lhe pronunciar o nome, surge a vontade de cantarolar aquele que foi um dos sucessos da música portuguesa. “Recordar é viver”,  ficou como a assinatura de Victor Espadinha e já vendeu até hoje mais de um milhão de cópias. A música abriu-lhe as portas da fama na década de 70 mas Espadinha diz que tem alma de ator. Em nome do sonho, agarrou todas as oportunidades que a vida lhe traçou.

Nasceu muito pobre, viveu em Moçambique, França, Inglaterra, lavou pratos, vendeu quadros, foi locutor, apresentador, jornalista numa lista que vai bem para lá dos sete ofícios.Em pleno regime salazarista inventou uma greve de fome que lhe deu, finalmente, um lugar no teatro Villaret.Victor Espadinha não voltou a largar o sonho, tem hoje 72 anos.  No Perdidos e Achados este sábado, fala de como ultrapassou um cancro, dos amores secretos do passado, da atual companheira, da guerra em Moçambique, das perseguições da PIDE, do passado, do presente e dos planos para o futuro.  Não perca!



Sem comentários:

Enviar um comentário

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Deixe um comentário na caixa do facebook!

Post Bottom Ad

Páginas